Como Fazer Uma Monografia

A elaboração de uma monografia não é algo que nós alunos estamos acostumados a fazer durante o ano letivo pois ela é muito mais do que mais um trabalho de faculdade.

barnimages_upload_32

A monografia tem um caráter de pesquisa científica, que aborda determinado tema de maneira bem mais ampla do que estamos acostumados. Além disso, ela deve seguir uma série de normas específicas.

Nesse artigo vamos dar alguns dicas sobre como fazer uma monografia, além de um passo a passo da estrutura desse tipo de TCC.

Como fazer a Monografia

O desenvolvimento de uma monografia de TCC segue quase sempre o mesmo processo de criação. Vamos ver quais são eles:

1. Definição do Tema

A correta escolha do tema é primordial para que o aluno consiga desenvolver melhor o conteúdo do trabalho de conclusão de curso.

Uma monografia deve ter um tema único e quanto mais específico melhor. Não tente abraçar o mundo e escolha um tema específico, visando resolver, responder ou discutir algum problema da comunidade e/ou da sociedade.

É importante escolher um tema que você tenha actual interesse, que goste, e que é ou será parte de sua carreira. Isso por que você terá que ler, estudar e escrever muito sobre a assunto, então nada melhor do que optar por um assunto interessante.

Leia mais sobre como escolher um tema para o seu TCC.

2. Escolha do Professor Orientador

O professor “responsável” terá papel muito importante no desenvolvimento do seu TCC. Primeiramente ele poderá ajudar a refinar o tema escolhido, dando dicas, sugerindo abordagens, pontos de partida e and so on.

O orientador também te ajudará nos primeiros passos de como fazer uma monografia, e principalmente nas revisões durante todo o processo, não no conteúdo em si, mas na estrutura, no andamento do seu desenvolvimento.

Procure escolher um professor que tenha afinidade profissional ou acadêmica com o tema escolhido. Não opte apenas pelo professor mais authorized, o orientador deve ser alguém que está disponível e que faz as críticas certas. Uma dica é perguntar para outros alunos como foi a experiência deles com o professor e quais suas recomendações.

three. Projeto de Monografia e Cronograma

Como fazer um TCCFazer uma Monografia é um trabalho longo, provavelmente o maior projeto que você já fez, então é essencial fazer um planejamento da estrutura e dos prazos antes de começar.

Defina datas para cada etapa e cumpra-as, não caia na tentação de ir adiando e chegar no último mês sem ter nada feito. Uma boa opção é pré-agendar reuniões com seu orientador, por exemplo, todo dia 15 do mês, para que você apresente seu progresso. Isso cria um compromisso que vai te forçar a cumprir o cronograma.

four. Desenvolvimento da Monografia

Nesse ponto você já tem uma boa idéia de como fazer uma monografia e já estará pesquisando e lendo muito sobre o seu tema, não esqueça de salvar as referências, guardar dados, imagens e gráficos que agregarão valor ao seu TCC e escreva os capítulos do trabalho, revisando-os com o seu orientador para que ele possa corrigir o rumo quando necessário.

Atente para as normas ABNT desde o começo do desenvolvimento, pois será mais fácil já começar a escrita seguindo as normas, do que revisar todo o conteúdo quando concluí-lo.

Veja mais sobre como fazer as Dedicatórias e Agradecimentos, a Introdução e a Conclusão em seu TCC.

Todo o desenvolvimento da Monografia é centrado no “Problema de Pesquisa”. veja no vídeo abaixo uma explicação melhor sobre o assunto.
*Acesse o Canal do TCC sem Drama no Youtube para mais vídeos sobre o assunto.
5. Apresentação do TCC

Como fazer uma Apresentação de TCCA maioria das universidades exige que o aluno além de fazer o TCC, o apresente para uma banca examinadora, normalmente formada por outros professores.

A apresentação deve ser bem resumida, apresentando o tema e a problemática abordada, explicando o que foi analisado e quais as conclusões. Put together-se para uma pequena seção de perguntas da banca que buscará esclarecer alguns pontos que não ficaram muito claros mas principalmente deixar claro que você conhece, estudou e realmente fez o TCC.

Em caso de insegurança, uma boa dica é apresentar o TCC previamente para um grupo de amigos, mas peça que sejam realmente críticos e até um pouco chatos.

Passo a Passo da Estrutura de uma Monografia

Falandando mais tecnicamente e segundo as normas ABNT, toda monografia deve conter os seguintes elementos em sua estrutura:

Elementos Pré-Textuais

Como encontrar Monografia Pronta

Capa: Contendo o título do trabalho, o(s) autor(es), cidade e ano;
Folha de Rosto: Com o nome completo do(s) autor(es), título do monografia, explicação rápida e clara dos objetivos do trabalho, nome da instituição de ensino e novamente a cidade e o ano da entrega;
Folha de Aprovação: Deve conter a knowledge da aprovação, nome completo dos integrantes da banca avaliadora e native para assinatura de cada um deles;
Dedicatória (opcional): Pequeno texto em que o autor dedica o trabalho a alguma pessoa;
Agradecimentos (opcional): Visa a agradecer pessoas que contribuíram de forma indireta, como a família, professores, prestar homenagens e and so on;
Epígrafe (opcional): Pensamento de algum outro ator que seja preferencialmente ligado ao tema;
Resumo: É uma síntese dos pontos relevantes da monografia, em linguagem clara, concisa e direta, contendo no máximo 500 palavras;
Sumário: Relacionar de maneira macro as divisões do trabalho, os capítulos e as seções, com a indicação das páginas onde se iniciam cada uma delas;
Lista de Ilustrações (opcional)
Lista de Abreviaturas e Siglas (opcional)
Listas de Notações (opcional)
Textuais

Nestas seções ficam o conteúdo da pesquisa do TCC, com uma definição clara de começo, meio e fim nas seguintes divisões:

Introdução
Desenvolvimento
Conclusão
Pós Textuais

Referências Bibliográficas
Obras Consultadas (opcional)
Apêndices (opcional)
Anexos (opcional)
Glossário (opcional)

Para mais informações sobre como fazer uma monografia, sugerimos esse e-book gratuito elaborado pela equipe do TCC Sem Drama.

Monografias completas e Faceis

O que é Monografia:

Monografia é uma dissertação ou tesecientífica que se destina a estudar um ponto em específico, normalmente apresentada porquê um trabalho de desenlace de curso de graduação e pós-graduação.

Etimologicamente, a termo “monografia” vem do helênico monos, que significa “única”, e graphein, que quer expressar “escrita”. Ou seja, “monografia” significa literalmente “escrita única”, mas que é compreendida academicamente porquê um tipo de trabalho escrito que está relacionado com a unicidade de um problema; um único contexto sobre determinada espaço do conhecimento.

A monografia tem porquê principal objetivo reunir informações, análises e interpretações científicas que agreguem valor relevante e original à ciência, dentro de um determinado ramo, ponto, abordagem ou problemática.

Uma monografia pode ser dividida ou classificada em duas partes: lato e estrito. O sentido estrito da monografia refere-se a uma tese em si, ou seja, um trabalho científico voltado para a imposto e incremento do estudo de determinada espaço de pesquisa ou ciência. Já o significado do lato refere-se a produção de material científico de primeira mão, mas que não precisa ser necessariamente caracterizado porquê uma tese. Envolve também dissertações de mestrado, informes científicos, college papers ou mesmo monografias de graduação.

Saiba mais sobre o significado de Mestrado.

Para a produção de uma monografia são necessárias algumas regras e etapas, porquê a construção de um pré-projeto e um projeto, a delimitação de um tema específico de uma espaço, a escolha de um problema, objetivos, objetos de estudo e metodologias, que podem ser qualitativas, quantitativas, entre outras.

Posteriormente uma exaustiva pesquisa sobre o tema a ser analisado na monografia, esta precisa ser escrita de pacto com as normas da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, levando em consideração as particularidades de cada instituição de ensino superior para qual a monografia está sendo apresentada.

TCC

As monografias fazem secção no Brasil do chamado TCC, para Trabalho de Epílogo de Curso, um trabalho acadêmico de caráter obrigatório e instrumento de avaliação final de um curso superior.

O TCC é elaborado principalmente em forma de dissertação, na forma de uma monografia, visando a iniciação e envolvimento do aluno de graduação no campo da pesquisa científica.

Saiba porquê comprar Monografias Prontas

A importância de cuidar da saúde para os estudos

O corpo humano é um todo conectado por partes, isto é, composto de mente, corpo e emoções. Para estar em equilíbrio, é preciso que todas as partes estejam funcionando de igual maneira e, para isso, é preciso cuidar da saúde de um modo geral.

Estudantes que prestam concursos públicos, muitas vezes, pensam que somente precisam cuidar e exercitar a mente, lendo e estudando muito. Porém, é importante saber que o corpo físico e as emoções fazem a diferença tanto quanto a mente no bom aproveitamento da concentração e em todos os processos do conhecimento. Quando algo não vai bem em nosso corpo, está em desequilíbrio, afeta e prejudica outras partes também, fazendo com que surja uma série de problemas em nosso sistema, como: mal estar, dores, tensões, complicações e até doenças.

Sendo assim, o concurseiro precisa ter a consciência de que estudar muito pode levá-lo à conquista de uma vaga em um concurso público, porém se ele estiver cuidando da saúde do corpo e das emoções da mesma forma. Por isso, abaixo listamos algumas dicas de como se cuidar melhor para estar preparado para enfrentar os processos seletivos:

Cuidando do corpo

Para cuidar do corpo, são duas maneiras simples e básicas, mas que exigem disciplina: boa alimentação e prática de exercícios físicos. A adoção desses dois cuidados não somente garante o equilíbrio e o bom funcionamento do corpo, mas também influencia diretamente no campo mental e emocional.

Ter uma alimentação saudável e equilibrada auxilia a fornecer energia necessária para enfrentar as longas horas de estudos, aumentando a disposição do estudante. Apostar em alimentos que realizam a desintoxicação do corpo é uma ótima maneira, também, de proporcionar leveza e fortalecer o sistema imunológico, evitando doenças e mal estar.

Além dos cuidados com a alimentação, o concurseiro deve também adotar a prática de exercícios físicos, que é fundamental para manter o bem estar e a disposição para realizar as tarefas diárias. Praticar atividades físicas não somente melhora, como também contribui para o desenvolvimento das capacidades intelectuais. Por uma questão neurofisiológica, as atividades físicas auxiliam, e muito, no campo mental de uma pessoa, repercutindo no processo de conhecimento e na manutenção de tudo que o cérebro vai assimilando ao longo dos estudos.

Os cuidados com o corpo, tanto na alimentação quanto na prática de exercícios físicos, não somente estão ligados com o cuidado e a manutenção da boa saúde mental, mas também no equilíbrio e bem estar das emoções. Afinal, certos alimentos e as atividades físicas auxiliam no funcionamento do sistema emocional, aliviando o estresse, diminuindo as tensões, proporcionando relaxamento e disposição, garantindo um aprendizado mais eficaz.

Escolher alimentos que auxiliam a manter o bom humor estimula a produção de neurotransmissores como a serotonina, dopamina, noradrenalina e acetilcolina, substâncias que transmitem impulsos nervosos para o cérebro, causando sensação de prazer e bem estar. Exemplo de alguns alimentos que têm essa função: banana, cacau, aveia, milho, vegetais de folhas escuras, oleaginosas, etc.

Os exercícios físicos também auxiliam a liberar substâncias que promovem o bem estar, como a endorfina, aumentando a motivação, alegria e disposição. Esses hormônios ainda fazem com que a sensação de leveza e disposição durem algumas horas após a prática.

Como vimos, é importante cuidar da alimentação e da saúde do corpo físico, porém não deve ser algo que o estudante faça contrariado ou a força, pois os benefícios não serão efetivamente aproveitados. É preciso escolher uma atividade que seja prazerosa para ele, da qual ele tenha preferência (caminhada, corrida, musculação, dança, etc). Assim como a alimentação deve ser naturalmente, e aos poucos, integrada na rotina.

 

CONCURSO ABERTO – DETRAN/CE

Compre aqui a Apostila concurso DETRAN CE.

Cuidando das emoções

Apesar de muitas pessoas associarem doença instantaneamente ao corpo físico, há doenças também no sistema emocional que causam diversos males e interferem na vida das pessoas. Mente e emoções andam bem próximas, pois uma não funciona bem enquanto a outra não estiver em equilíbrio.

Segundo a definição da Organização Mundial de Saúde (OMS), saúde emocional “é um estado de bem-estar onde o indivíduo realiza suas próprias habilidades, lida com os fatores estressantes normais da vida, trabalha produtivamente e é capaz de contribuir com a sociedade”. Portanto, daí podemos constatar que, se a saúde emocional não estiver com seu funcionamento positivo, não há como levar uma vida de forma equilibrada e produtiva.

Quando se pensa em estimular o sistema mental, muitas vezes não se leva em conta o cuidado com o sistema emocional, porém uma pessoa emocionalmente doente não pode ser uma pessoa mentalmente saudável. Ansiedades, nervosismos, pânicos, dores, tensões, etc., causam bloqueios mentais, insônia, estresse e contribuem para que o aproveitamento dos estudos não seja satisfatoriamente alcançado. Muitos problemas de ordem emocional impactam e prejudicam as atividades mentais.

Para cuidar das emoções, portanto, não é necessário ir diretamente a medicamentos químicos que suprimem os sintomas negativos. Pequenos passos e atitudes diários podem contribuir para alcançar o equilíbrio emocional utilizando-os em benefício dos estudos e do próprio bem estar. Algumas dicas podem ajudar a dar o primeiro passo:

14

– Fazer um cronograma de estudos: assim, o estudante sabe o tempo que tem disponível para estudar diariamente e até o momento da próxima prova. Com isso, ele evita as correrias de “última hora”, evitando, também, nervosismos e preocupações;

– Praticar exercícios físicos: como já comentado acima, a prática de exercícios físicos auxilia a manter o bem estar e evitar diversos males;

– Reservar um momento para lazer e entretenimento: quem concorre em muitos concursos públicos, sabe que são necessárias muitas horas de estudos, durante um longo período de tempo. Porém, reservar espaço para os momentos de lazer e entretenimento é muito importante para manter a descontração e a alegria do dia a dia;

– Respiração correta: estudos já constataram que uma respiração correta, aquela realizada de maneira lenta e profunda, traz inúmeros benefícios. Durante a respiração profunda, o cérebro recebe uma mensagem tranquilizadora, reduzindo a frequência cardíaca e a quantidade de hormônios de estresse na circulação, além de diminuir a pressão arterial. Tudo isso proporciona uma sensação de calma, combatendo, assim, a ansiedade, a angústia e o nervosismo. A respiração, também, leva oxigênio para as células e promove a saída de gás carbônico, eliminando as toxinas do corpo.

A saúde de um ser humano, como um todo, começa nas emoções, é processada pela mente e é materializada no corpo físico. Por isso, cuidar de si próprio de forma completa é a alternativa correta para quem quer passar não somente em um concurso público, mas na vida de maneira geral.

Leia mais sobre Saúde Capilar